Faça como Milhares de Outras Pessoas, Cadastre-se e Receba Atualizações Diretamente em seu e-mail!

Princípios de atendimento emergencial



Todos os dias vemos nos noticiários casos de mortes vindas de acidentes que poderiam ser evitados. E uma das coisas que contribuem para estes acontecimentos é a falta de conhecimentos, principalmente coisas básicas que muitas vezes são pequenos detalhes que fazem grande diferença para salvar vidas.

Como estamos na era do conhecimento, saber "um pouco de cada coisa" é sempre bom quando o assunto é salvar vidas.

Devido a isso, saber como proceder um casos de emergências nos motiva á saber mais e nos deixa mais seguros e  confiantes do que se deve ou não fazer em cada caso, tendo a oportunidade de ajudar de forma assertiva em qualquer situação.


Como proceder  inicialmente?

Suponha que ao caminhar
pela rua, encontre uma pessoa acidentada, desacordada, com ferimentos nas pernas e braços, e apresentando fratura na perna, o que você faria? Por onde começaria e á quem recorrer? Eis algumas dicas importantes:

1- Tomar medidas de precaução individual

Quando se fala em precaução individual, refere-se á segurança de quem está socorrendo e da vítima.

A cena segura é de muita importância para quem vai proceder os primeiros atendimentos. Verifique se é seguro aproximar-se de uma vítima de atropelamento, arma de fogo ou arma branca.

Verifique a segurança de aproximar-se de uma vitima de choque elétrico ou afogamento (se tem condições de tirá-lá da água), para evitar o risco de mais uma vitima na cena.

Tomadas essas medidas, devemos tomar os cuidados de segurança para com a vítima (afastar a vítima do perigo ou o perigo da vítima), para então prosseguir com as demais abordagens.

2-Fazer o exame da vítima

Avaliar respiração, circulação sanguínea (se há algum ferimento com sangramento constante), se fala, se ouve e responde á comandos, se sente frio.

Verificar se há alguma fratura, se consegue mexer braços e pernas.

3-Prestar os primeiros socorros

Com a avaliação primária e com as informações colhidas, iniciamos os procedimentos necessários para ajudar essa pessoa e ajudar a amenizar o sofrimento em que se encontra.

Lembrando que é importante passar segurança á vítima e ficar sempre ao seu lado,até passar o caso ao atendimento médico especializado ou quando algum familiar ou parente chegar.

Casos que merecem atenção necessária:
  • Falta de respiração (pele roxa),
  • Sangramento abundante,
  • Inconsciência,
  • Ferimentos no tórax ou no abdômen e na cabeça, atentar também para a coluna cervical.

4- Providenciar o transporte do acidentado

Solicitar ao SAMU ou corpo de bombeiros para fazer o transporte em veículo apropriado para manter seu estado vital e leva-la ao hospital de referência mais próximo, providenciando também o acompanhamento de familiares ou parentes para acompanha-lo.

Com estes procedimentos básicos,podemos ajudar muitas pessoas que necessitam se nossa ajuda em momentos difíceis, principalmente quando se tem boa vontade e disposição para querer o bem do próximo.

Contribuiu com este Artigo:


Adones de Souza Mendes
Técnico de enfermagem e graduando em Administração.
Facebook: Adones Mendes Instagram: mendesadones
e-mail: mendesadones@gmail.com






 
Enfermagem a profissão do cuidar