Últimas Postagens

Administração de medicações por via Sublingual


Trata-se de uma via de administração que consiste na absorção de fármacos na mucosa por debaixo da língua. As mucosas situadas na região sublingual são altamente vascularizadas por capilares sanguíneos, motivo pelo qual sua absorção é altamente eficaz.

Os medicamentos ministrados pela mucosa oral podem aparecer no sangue do paciente dentro de 1 minuto e alcançam os níveis sanguíneos máximos em 10 a 15 minutos, sendo mais rápido que o medicamento ministrado pela via oral tradicional.
Vantagens:
- Rápida absorção, pois não sofre efeito de primeira passagem tendo ação imediata na corrente sanguínea (primeira passagem: não ocorre metabolização no fígado).

Material Necessário:
Bandeja
- Copo descartável
- Medicação a ser administrada
- Luvas de procedimento
- Prescrição médica

Descrição da Técnica:
- Verificar a prescrição médica;
- Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool à 70%;
- Reunir o material e levar ao leito do cliente;
- Apresente-se ao cliente e orienta-lo sobre o que será feito;
- Solicitar que o cliente informe nome completo e a data de nascimento, conferindo junto com a pulseira de identificação e a prescrição médica;
- Antes de administrar a medicação confira: nome da medicação, dose, via, horário e o nome do paciente;
- Calçar as luvas de procedimento;
- Colocar a medicação debaixo da língua do cliente;
- Peça ao paciente que feche a boca e mantenha o comprimido na posição até que ele se dissolva;
- Orientar o cliente a não engolir a medicação e não ingerir líquidos até que o medicamento tenha total absorção;
- Retirar as luvas e descartar em lixo adequado;
- Higienizar as mãos;
- Anotar procedimento em impresso próprio, no prontuário do cliente e checar na prescrição médica.

OBS: Quando o paciente tem dificuldade de abrir a boca ou levantar a língua, coloque a extremidade de um abaixador de língua sob a língua e coloque o comprimido na outra extremidade. O comprimido deslizará para baixo e para dentro do espaço sublingual;

- Lembrar-se de alternar os lados da boca do paciente quando tiver de administrar mais de uma dose de um medicamento sublingual;

- Administrar os medicamentos sublinguais depois que tiver ministrado todos os medicamentos orais ao paciente;

- Inspecionar regularmente a mucosa oral do paciente para ver se há irritação provocada pela administração sublingual repetida. 

Orientações importantes ao paciente e acompanhante:

Orientar o paciente que o comprimido sublingual deve ficar sob a língua e que ele não deve mastigá-lo nem engoli-lo;

Se for fumante, diga-lhe que não fume até que o medicamento sublingual tenha se dissolvido, porque os efeitos vasoconstritores da nicotina diminuirão a velocidade de absorção do medicamento;

Não comer nem beber quando estiver com o comprimido sublingual na boca, para evitar que engula o comprimido.