Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

Apendicectomia e os cuidados de enfermagem

Você sabe o que é apendicite? Alguém de sua família já fez apendicectomia? Sabe como é realizada a cirurgia de apêndice? 
Apendicite é uma condição caracterizada pela inflamação do apêndice. É classificada como uma emergência médica e em muitos casos, exigem a remoção do apêndice inflamado, quer por laparotomia ou laparoscopia. Não tratada, a mortalidade é alta, principalmente devido à peritonite e choque. 
A forma não diagnosticada corretamente aguda de apendicite é conhecido como rumbling apendicite.
Sinais e sintomas
Localização do apêndice do sistema digestivo
Apendicite é uma inflamação do apêndice intestinal, uma bolsa em forma de verme do intestino grosso. A apendicite mais comum é a apendicite aguda, que, apesar de poder ocorrer em qualquer idade, é muito mais comum na adolescência. É extremamente comum e afeta mais de 7% da população em qualquer altura das suas vidas.
Patologia: Os sintomas de apendicite variam. Pode ser difícil de diagnosticar em crianças menores, em idosos e em mu…

Como fazer anotações de Enfermagem?

Hoje vamos abordar um assunto muito importante para os profissionais da Enfermagem!
Vamos conversar brevemente sobre a importância das anotações de enfermagem nos prontuários!
As anotações de enfermagem são todos os registros das informações do paciente, das observações feitas sobre o seu estado de saúde, das prescrições de enfermagem e sua implantação, da evolução de enfermagem e de outros cuidados, entre eles a execução das prescrições médicas.
Pode-se afirmar que é um instrumento valorativo de grande significado na assistência de enfermagem e na sua continuidade, tornando-se, pois, indispensável na aplicação do processo de enfermagem, pois está presente em todas as fases do processo.
Critérios para anotações de enfermagem  Todos os dados devem ser registrados imediatamente após o fato ocorrido, evitando assim, o déficit do cuidado por falha na comunicação. 
As anotações de enfermagem devem observar os seguintes critérios: 
Exatidão: os fatos devem ser anotados com precisão e veracidade. A…

Exame físico e a classificação dos Sons: Abdominais, Respiratórios e Cardíacos

Olá amigos e amigas da profissão do cuidar! Tudo bem com vocês?
Neste artigo iremos abordar as técnicas para auscultar e classificar os sons através do estetoscópio.
Se não utilizarmos nossos conhecimentos, não conseguimos identificar corretamente o som e podemos equivocadamente registrar terminologias erradas ao som auscultado.
Para facilitar a identificação dos sons respiratórios, cardíacos e abdominais, iremos abordar de maneira didática a classificação desses sons, para sua melhor compreensão.
Se você realmente está interessado(a) em apreender ou recordar sobre estes fundamentos, continue a leitura até o final.


Sons Respiratórios
Os ruídos respiratórios normais são classificados em três categorias, conforme intensidade, timbre e duração, sendo portanto, apresentados da seguinte maneira:
1) Murmúrio Vesicular: é suave, com timbre grave, auscultado durante a inspiração de modo contínuo, sem pausa durante a expiração. Desaparece no início da expiração.
2) Ruídos Respiratórios Brônquicos: são…

Traqueostomia e os cuidados de enfermagem

A traqueostomia é realizada principalmente em situações de emergência para promover a desobstrução das vias aéreas.  
O doente com traqueostomia depende muito da equipe de enfermagem. Após ter sido efetuada uma traqueostomia ele pode ficar apreensivo em virtude à sua incapacidade de comunicar com os outros e com o medo de asfixiar.

Objetivos:
Facilitar a ventilação mecânica;Excluir as vias aéreas do conduto orofaringeo ;Reduzir a pressão intracavitária;Anatomia das Vias Respiratórias Superiores



















1-Língua 2-Orofaringe 3-Laringe 4-Glote 5-Cordas vocais  6-Cartilagem  tireóide 7- Cartilagem cricóide 8- Traquéia 9- Esôfago
Indicações: Obstrução das vias aéreas superiores;Melhoria das condições de higiene pulmonar;Acesso a traquéia nos caso de ventilação mecânica prolongada;Afecções neurológicas que afetam o centro da respiração;Estados infecciosos (septicemia, tétano);Insuficiência respiratória de qualquer etiologia;Traumatismo torácico associado à condição pulmonar grave e movimentos paradoxais. Tipos …

Drenos e os cuidados de Enfermagem

Algumas cirurgias exigem a necessidade da colocação de drenos para facilitar o esvaziamento do ar e líquidos (sangue, secreções) acumulados na cavidade.
Dreno pode ser definido como um objeto de forma variada, produzido em materiais diversos, cuja finalidade é manter a saída de líquido de uma cavidade para o exterior.
As indicações para colocação de controle de drenos são específicas para cada tipo de dreno. 
Podem ser classificados em: 
- Dreno aberto, ex.: penrose; 
- Dreno de sucção fechada; 
- Dreno de reservatório; 
- Cateteres para drenagem de abscesso.



Dreno de Penrose 
É um dreno de borracha, tipo látex, utilizado em cirurgias que implicam em possível acúmulo local de líquidos infectados, ou não, no período pós-operatório. Seu orifício de passagem deve ser amplo e ser posicionado à menor distância da loja a ser drenada, não utilizando o dreno por meio da incisão cirúrgica e, sim, por meio de uma contraincisão. 
Para evitar depósitos de fibrina que possam obstruir seu lúmen, o dreno de p…