Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

Cuidados de enfermagem a pacientes na UTI

O enfermeiro desempenha importante papel no âmbito da Unidade de Terapia Intensiva (UTI).Ele deve estar preparado para atender a qualquer momento paciente com alterações hemodinâmicas, requer conhecimento específico além de ter grande habilidade para tomar decisões e programa-las em tempo hábil. Afinal, o trabalho em Unidade de Terapia Intensivo (UTI) é complexo, intenso e contínuo.
O enfermeiro que trabalha em UTI deve ser capacitado a realizar atividades de grande complexidade, ter autoconfiança, conhecimento técnico e científico para conduzir o atendimento do paciente com segurança. Como se sabe, numa UTI há muitos equipamentos e tecnologia envolvida, mas o grande diferencial de quem atua nesta área são os profissionais. A enfermagem constitui o principal instrumento para a qualidade e sucesso no cuidado prestado ao paciente, sendo fundamental manter-se atualizado.



O conhecimento necessário para um enfermeiro de UTI vai desde a administração e efeito das drogas até o funcionamento …

Importância da mudança de decúbito ao paciente acamado

A Mudança de Decúbito visa proporcionar maior conforto ao paciente acamado, e tem como principal objetivo movimentar e/ou mudar a posição do paciente para evitar complicações devido imobilidade prolongada, contrações musculares e evitar lesões por pressão. 
Lesões por Pressão ocorrem devido a interrupção sanguínea em uma determinada área, que se desenvolve devido a uma pressão aumentada por um período prolongado, ocasionando falta de suprimento de oxigênio e nutrientes nos tecidos.
Prevenção de Lesões de Pressão: A principal delas é a mudança frequente de posição, pois proporcionam relaxamento alternado dos diversos grupos de músculos do organismo.
Equipe de Enfermagem: - Executar a prescrição de enfermagem; - Solicitar auxílio de um colaborador; - Lavar as mãos.



Procedimento: - Identificar-se ao paciente; - Conferir o nome e o leito; - Orientar o paciente e/ou acompanhante quanto ao procedimento; - Calçar luvas; - Cada um dos colaboradores deverá posicionar-se de um lado do leito; - Com a travessa…

Lesão por pressão e os cuidados de Enfermagem

O termo correto a ser utilizado pelos profissionais de saúde agora é “lesão por pressão”. O NationalPressure Ulcer Advisory Panel (NPUAP) anunciou mudança na terminologia de úlcera de pressão. Agora, o termo “lesão por pressão” deve ser utilizado por todo profissionais de saúde, pois descreve com mais precisão as lesões em peles intactas e ulceradas. Porém muitos ainda utilizam os termos escara, úlcera de decúbito e úlcera por pressão para referir-se ao mesmo tipo de lesão.
Devido à maior expectativa de vida da população, decorrente de avanços na assistência à saúde que tornou possível a sobrevida de pacientes com doenças graves e anteriormente letais, transformando-as em doenças crônicas e lentamente debilitantes, tem aumentado a prevalência de lesões por pressão.
A lesão por pressão ocorre devido a interrupção sanguínea em uma determinada área, que se desenvolve devido a uma pressão aumentada por um período prolongado, ocasionando  falta de suprimento de oxigênio e nutrientes nos teci…

Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda diretriz para acabar com infecções cirúrgicas e evitar microrganismos multirresistentes

"OMS recomenda 29 maneiras de acabar com infecções cirúrgicas e evitar microrganismos multirresistentes"Tomar banho antes do procedimento cirúrgico, não realizar tricotomia, e ser submetido a antibioticoterapia profilática antes e durante o procedimento. Essas recomendações que fazem parte das novas orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), com o objetivo de salvar vidas, reduzir custos e impedir que microrganismos multirresistentes se propaguem.
O documento “Global Guidelines for the Prevention of Surgical Site Infection”, disponível em inglês, apresenta uma lista com 29 maneiras concretas para prevenir as infecções cirúrgicas – elaborada por 20 dos principais especialistas mundiais a partir de 26 revisões das evidências mais recentes. As recomendações também foram publicadas nesta quinta-feira na “The Lancet Infectious Diseases” e foram desenhadas para abordar a carga crescente dos cuidados de saúde associados a infecções nos pacientes e nos sistemas de saúde pelo …

Cuidados de Enfermagem ao recém-nascido no parto vaginal e cesariana

A cesariana, também conhecida como cesárea, é o parto realizado através de cirurgia. A cesárea ainda é a via mais comum de parto no Brasil, apesar do parto normal (parto vaginal) ser considerado pela organização mundial de saúde (OMS) e por diversas entidades médicas a melhor forma do bebê nascer. Segundo recomendações da OMS, apenas cerca de 15% dos partos apresentam indicação para a cesariana, devendo os 85% restantes serem efetuados pela via vaginal.
O nascimento é um processo fisiológico, no qual o recém-nascido necessita de algumas horas para que ocorra sua adaptação extrauterina. A estabilização do organismo do bebê está diretamente relacionada com o padrão respiratório e a manutenção da temperatura corporal.
Para o RN a termo (idade gestacional entre 37-41 semanas) a respiração espontânea presente, o tônus muscular em flexão e a presença de batimentos cardíacos dentro do padrão de normalidade, independente do aspecto do líquido amniótico, são características que conotam boa vital…