Urgência ou Emergência?


As palavras Urgência ou Emergência são parecidas, mas será que possuem o mesmo significado? Como diferenciá-las? O que necessita de ação imediata e o que pode esperar?

Emergência
Corresponde a um evento com risco iminente de vida, diagnosticado e tratado nas primeiras horas após sua constatação.  Exige que o tratamento seja imediato diante da necessidade de manter funções vitais e evitar incapacidade ou complicações graves. Representa situações como choque, parada cardíaca e respiratória, hemorragia, traumatismo crânio-encefálico, convulsões, etc.



Urgência
Corresponde a um processo agudo clínico ou cirúrgico, sem risco de vida iminente. Nesse caso há risco de evolução para complicações mais graves ou mesmo fatal, porém, não existe um risco iminente de vida. Representa situações como fraturas, feridas lácero-contusas sem grandes hemorragias, asma brônquica, transtornos psiquiátricos, etc.

Urgência e emergência são termos usados na área da Medicina, e muitas pessoas as confundem. Emergência é a circunstância que exige uma cirurgia ou intervenção médica de imediato, por isso, em ambulâncias está geralmente escrito emergência e não urgência.  Já as ocorrências de caráter urgente necessitam de tratamento médico e muitas vezes de cirurgia, mas possuem um caráter menos imediatista.