Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2017

Estudos afirmam, Aspirina reduz risco de Câncer e Metástase

A aspirina parece não somente reduzir o risco de desenvolver muitos tipos diferentes de câncer, mas também impede a doença de se espalhar pelo corpo.
Próstata:
Estudo feito por pesquisadores do UT Southwestern Medical Center (EUA), revela que homens que vêm recebendo tratamento contra câncer de próstata, por cirurgia ou radiação podem obter benefícios ao tomar aspirina regularmente. Estudos pré-clínicos mostraram que a aspirina e outros medicamentos anticoagulantes podem inibir o desenvolvimento do câncer e a metástase. Participaram desta pesquisa aproximadamente 6 mil homens portadores da doença (Câncer de Próstata), sendo que 37% receberam anticoagulantes. Os profissionais envolvidos no projeto concluíram que o risco de morte por câncer de próstata, em 10 anos, se mostrou mais baixo entre os que usaram a medicação quando comparados aos que não tomaram, em uma proporção de 3% a 8%, respectivamente. Este é o segundo tipo de câncer que mais mata homens nos Estados Unidos.
E preciso cautela…

Paracetamol - Indicações, Dose, Funciona?

O paracetamol é um medicamento com propriedades analgésicas e antitérmicas, pode ser encontrado em forma de gotas, xarope e comprimidos.  Atualmente é um dos medicamentos mais populares e utilizados, ao lado da dipirona, por exemplo. Os nomes comerciais e mais conhecidos do paracetamol são: Tylenol, Parador, Febralgin, Dorico, Vick Pyrena ou Sonridor, além do genérico, denominado pelo nome do próprio principio ativo, paracetamol A ação desse medicamento pode ser explica graças a sua atuação direta no Sistema Nervoso Central (SNC), atuando no centro regulador da temperatura e diminuindo a sensibilidade a dor.

Indicação É indicado para diminuir a febre e aliviar temporariamente dores leves a moderadas, como por exemplo: dores associadas a resfriados comuns, dor de cabeça, dor no corpo, dor de dente, dor nas costas, dores musculares, dores leves associadas a artrites e cólicas menstruais. O paracetamol também pode ser usado para tratar os sintomas da dengue, porém, sempre sob orientação médic…

Diverticulose/Diverticulite - Sintomas, Diagnostico e Tratamento

Divertículos são pequenas bolsas ou saculações, semelhantes a um dedo de luva, que se formam basicamente na parede do intestino grosso (colón), isso porque, os divertículos podem ser formados em qualquer parte do trato digestivo, como esôfago, estomago e intestino delgado, mas são mais comuns nessa região.  A presença de vários divertículos é chamada de diverticulose. Os divertículos são bastante comuns e sua presença é inofensiva, a não ser que inflamem ou infeccionem, neste caso o quadro é chamado de diverticulite. A Diverticulose e diverticulite também são chamados de doença diverticular.

Causas
A diverticulose ou doença diverticular, tem como causa principal a falta de fibras na dieta alimentar, ou seja, uma dieta rica em gorduras e pobre em fibras, pode causar constipação e o endurecimento das fezes, demandando esforço além do normal para passar pelo reto, movimento que aumenta a pressão no cólon ou nos intestinos e pode causar a formação dessas bolsas. Outros fatores que influenciam…

Terminologia Cirúrgica

1. PREFIXOS CIRÚRGICOS
a) adeno – glândula b) blefaro – pálpebra c) cisto – bexiga d) cole – vesícula e) colo – cólon f) colpo – vagina g) enterro – intestino delgado h) gastro – estômago i) histero – útero j) nefro – rim k) oftalmo – olho l) ooforo – ovário m) orqui – testículo n) osteo – osso o) oto – ouvido p) proto – reto q) rino – nariz r) salpingo – trompa s) traqueo - traquéia


2. SUFIXOS CIRÚRGICOS
a) ectomia – remoção parcial ou total b) pexia – fixação de um órgão c) plastia – alteração da forma e/ou função d) rafia – sutura e) scopia – visualização do interior do corpo em geral por meio de aparelhos com lentes especiais f) (s)tomia – abertura de um órgão ou de uma nova boca
3. TERMINOLOGIAS CIRÚRGICAS QUE FOGEM A REGRA
a) amputação – remoção de um membro ou de parte necrosada do corpo b) anastomose - conexão e sutura de dois órgãos ou vasos  c) artrodese - fixação cirúrgica de articulações d) bartholinectomia - retirada de cisto de Bartholin e) biópsia - remoção de um tecido vivo para fins diagnósticos f) c…

Colesterol - Fatores de Risco e Prevenção

O colesterol é um tipo de gordura presente naturalmente no corpo e encontrado em todas as células. Cerca de 70% do colesterol circulante no sangue é produzida por nosso próprio corpo (endógena), principalmente pelo fígado, enquanto os outros 30% provém da alimentação (exógena).
O colesterol possui grande importância para o funcionamento normal do corpo, pois é essencial para a formação das membranas das nossas células, para a síntese de hormônios, como a testosterona, estrogênio, cortisol e outros, para a produção da bile, para digestão de alimentos gordurosos, para formação da mielina (uma bainha que cobre os nervos), para metabolização de algumas vitaminas (A, D, E e K), etc. Porém é importante salientar que, apesar de sua importância, é preciso controlar os níveis presentes no sangue, já que o excesso do mesmo é um dos fatores de risco no desenvolvimento de doenças cardíacas. O aumento dos níveis de colesterol é chamado de dislipidemia.

Doença de Parkinson

Doença de Parkinson é um distúrbio neurológico do movimento lentamente progressivo que acaba levando a incapacidade. Ocorre com frequência a partir dos 50 anos, mas já tiveram casos de 30 anos.


Causas:
Genética AteroscleroseAcumulo de radicais livres de oxigênio Infecções virais Traumatismo crânio encefálico Medicamentos antipsicóticos



Fisiopatologia 
Esta associada a níveis de dopamina diminuídos em consequência da destruição de células neuronais pigmentadas na substancia nigra na região dos gânglios da base do encéfalo.
Temos dois tipos de neurotransmissores Acetilcolina (excitatória) e Dopamina (inibitória).
A perda de reservas de dopamina nessa área do encéfalo acaba levando ao desiquilíbrio do movimento.
Manifestações Clínicas 
Sinais cardinais: tremor, rigidez, bradicinesia e instabilidade postural.
Outros sintomas: sudorese excessiva, rubor paroxístico, hipotensão ortostática, retenção gástrica e urinaria constipação, depressão, demência, distúrbios do sono e alucinações.
Diagnóstico:
2 ou…

Dipirona

A dipirona ou metamizol é um medicamento analgésico, antitérmico e antipirético muito popular em boa parte do mundo. No Brasil, o medicamento esta entre as drogas mais populares e consumidas.  É importante salientar que a dipirona, possui muitos nomes comerciais, como por exemplo, Novalgina, Anador, Baralgin, Magnopyrol, Nofebrin etc, ou seja, em todos esses casos a dipirona é o principio ativo, sendo apenas comercializada sob outras nomenclaturas, já em medicamentos genéricos, utiliza-se o próprio nome (dipirona). O medicamento pode ser encontrado sob a forma de gotas, xarope, comprimidos, supositório ou como solução injetável.

Solução Injetável  O dipirona gotas, comprimido ou supositório é facilmente encontrado e comercializado nas mais diversas farmácias. Porém quando falamos de solução injetável há outras considerações a fazer. Isso porque é preciso considerar que a administração do medicamento de forma injetável só deve ser feita por orientação medica e por pessoa habilitada para t…

Conhecendo o Bisturi Elétrico

O eletrocautério ou bisturi elétrico é um aparelho usado com a finalidade de corte e coagulação dos tecidos, os quais podem ocorrer simultaneamente. Essa ação simultânea é chamada de mistura ou blender, cujo percentual é programado no próprio aparelho, de acordo com a orientação do cirurgião.
Os bisturis elétricos mais comuns são o monopolar e o bipolar - O bisturi monopolar é composto por uma unidade geradora, onde são conectadas a caneta do bisturi e uma placa neutralizadora da corrente. A caneta é a parte estéril do bisturi, que entra em contato com o campo operatório e passa a corrente elétrica para a placa.
Bisturi monopolar, com caneta, placa neutralizadora da corrente pedal.
O bisturi monopolar é utilizado quando há necessidade de corte ou de coagulação, ou de ambos. No corte, a caneta entra em contato com o tecido, provocando o seu aquecimento, até as células se desintegrarem. Na coagulação, o tecido recebe uma quantidade de calor apenas suficiente para secar as células.
O bisturi …

Síndrome Paraneoplásica

Segundo definição do dicionário, Paraneoplásica pode ser entendida como: “Diz-se de manifestações patológicas, em especial dermatoses, ligadas a um câncer em evolução, mas não diretamente causadas pela proliferação das células malignas”. Já a palavra Neoplasia significa neo = novo + plasia = crescimento, ou seja, “novos crescimentos”. 

Amitriptilina (antidepressivo tricíclico) - Para que serve?

O Cloridrato de Amitriptilina é um antidepressivo tricíclico com funções ansiolíticas (controle da ansiedade) e calmante. Ele regula as substâncias em desequilíbrio do cérebro, portanto, serve para o tratamento da depressão, enurese noturna (urinar enquanto dorme), enxaqueca, cefaléia e casos de ansiedade generalizada.
Indicações: O principal uso de Amitriptilina é para o tratamento da depressão, mas pode ser utilizado em outros casos como enxaqueca. - Tratamento preventivo da Enxaqueca - Enurese noturna - Depressão - Ansiedade generalizada - Tratamento antidepressivo da esquizofrenia
A Amitriptilina é um medicamento que só pode ser utilizado sob prescrição médica. A sua compra é permitida somente por meio de receita médica.


Contra-indicações: - Pacientes que mostraram hipersensibilidade a Amitriptilina - Quem faz uso de monoaminoxidase - Pessoas que usam Cisaprida - Pacientes que estão em fase de recuperação pós infarto do miocárdio
Deve ser recomendada sob observação e cautela em pacientes: - Que …