Banho de Clorexidina 2% reduz incidência de infecção em pacientes politraumatizados

Segundo informações do estudo realizado em Chicago nos EUA, pacientes politraumatizados podem ter menor chance de adquirir infecção hospitalar quando recebem banho diário com tecido umedecido em gluconato de clorexidina a 2%.

A incidência de infecções de corrente sanguínea chegou a ser 4 vezes menor naqueles pacientes que receberam banho de clorexidina.

Para os pacientes que receberam o banho com clorexidina a incidência de Pneumonia por MRSA (S. Aureus Meeticilina Resistente) associada a ventilação mecânica foi significativamente menor, sendo 3,5 vezes. Já o índice de ocorrência de infecções associadas a ventilação mecânica não foi menor quando analisadas de forma global.

Além dos reduzidos índices de infecção, também os índices de colonização por MRSA e Acinetobacter sp foram mais baixos. Pacientes que receberam banho de clorexidina tiveram cerca de 3 vezes menos chance de colonização por MRSA e 4,6 vezes menor colonização por Acinetobacter sp.

Resta então uma reflexão para repensarmos a respeito do banho oferecido aos nossos pacientes politraumatizados em Unidade de Terapia Intensiva.

Fonte Clique Aqui