Conheça as Doenças mais comuns no Verão


O verão 2018 começa prometendo mais calor e exigindo cuidados específicos contra as doenças da época, a estação mais aguardada do ano, é uma época maravilhosa para desfrutar o ar livre, o calor e o excesso de umidade podem formar um ambiente propício à proliferação de bactérias, fungos e mosquitos. Por isso, é bom ficar atento e evitar a desidratação, a micose e outras doenças, por isso confira essas dicas do Programa de Saúde Preventiva:



A Intoxicação Alimentar - As temperaturas elevadas da estação são um dos principais fatores que ocasionam a intoxicação alimentar e hídrica, causadas, respectivamente, pelo consumo de comida e água contaminadas. Os sintomas podem ser diarreia, febre, náuseas e vômitos, que podem levar à desidratação.

A Insolação - A insolação e a desidratação também podem ser ocasionadas pela exposição excessiva ao sol e ao tempo quente. A indicação é beber ao menos dois litros de água por dia, sempre aplicar o protetor solar no mínimo 30 minutos antes de se expor ao calor e evitar as horas com maior concentração solar, usar chapéus, óculos de sol e roupas leves.

Brotoeja (Miliária ) - As crianças são as mais atingidas pela doença, a forma de evitar é usar roupas frescas, não agasalhar demais as crianças pequenas, principalmente os recém-nascidos, hábito comum entre as mães, tomar banhos mais frios e se proteger do calor, evitando o excesso de suor.

Herpes simples- Muita gente sofre nesta época com o herpes, causado por vírus que é reativado com a exposição intensa ao sol sem proteção ou quando a pessoa vive situações que baixam sua resistência imunológica, como cansaço físico e mental, estresse, febre. Os locais mais frequentes são os lábios e a região genital, mas o herpes pode aparecer em qualquer lugar da pele. A doença dura entre de 5 a 10 dias e deve-se tomar cuidado no contato com outras pessoas e objetos de uso comum nesse período para não transmitir o vírus, lave sempre bem as mãos após manipular as feridas pois a virose pode ser transmitida para outros locais de seu próprio corpo, especialmente as mucosas oculares, bucal e genital.

Micoses -  "micose de praia" ou "pano branco" Pitiríase versicolor” -  O fungo causador da doença habita a pele de todas as pessoas e, em algumas delas, é capaz de se desenvolver. A doença se manifesta formando manchas claras, acastanhadas ou avermelhadas e o sol apenas mostra onde está a micose, pois nos pontos afetados a pele não se bronzeia, sempre se seque bem após o banho, principalmente nas dobras, evite ficar com roupas molhadas por muito tempo, não use objetos pessoais (roupas, calçados, pentes, toalhas, bonés) de outras pessoas, evite andar descalço em pisos constantemente úmidos, não compartilhe seu material de manicure.

Dengue:  É uma doença viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. A principal época de transmissão da dengue é o verão, basta manter hábitos domésticos simples para se evitar a proliferação deste mosquito, como limpar calhas e caixas d’água e recolher o lixo. Ao apresentar sintomas como febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores pelo corpo e náuseas, a pessoa deve procurar imediatamente orientação médica e não se automedicar.
Oferecemos estas informações para alertar as famílias sobre os possíveis perigos e riscos para a saúde, é hora de colocá-las em prática e curtir a estação!

Compartilhe com os amigos esse texto e garanta que eles tenham um verão tão saudável quanto você terá!



Contribuiu com este Artigo:



Ágda Hemkemaier Andres
Enfermeira, Graduada pela Universidade do Estado de Santa Catarina, com especialização em MBA – Gestão em Saúde e Controle de Infecção pela INESP - SP , Enfermagem do Trabalho pela UNINTER -SC , Gestão Hospitalar pela UNIASSELVI- SC, Docência em Ensino Superior e Segurança do Trabalho e Gestão de Produção pela Faculdade Venda Nova do Imigrante –MG.| Linkedin