Pular para o conteúdo principal

Você tem 9 motivos para comer ovo



Ao contrário do que se acreditou por muito tempo, o ovo é considerado um super alimento que melhora em muito a saúde, pois é rico em nutrientes essenciais e tem uma fonte rica em proteínasaminoácidosvitaminas e ácidos graxos.

Benefícios do Ovo

Rico em vitaminas: Contém várias vitaminas essenciais para sua saúde: vitamina A (excelente para a visão, e também importante para o crescimento celular), vitamina B12 (essencial para a produção de células vermelhas do sangue), vitamina B2 (ajuda o corpo a obter energia a partir da divisão do alimento), vitamina E (ajuda a combater radicais livres que causam danos celulares, como câncer). Tem também uma pequena quantidade de vitamina D.

Rico em minerais: Contém ácido fólico, ferro, zinco, fósforo, manganês e selênio. O selênio funciona de forma eficaz para prevenir o dano celular, bem como a acumulação de metais pesados tóxicos no seu corpo. O ferro ajuda na produção de energia do seu corpo. O zinco mantém o seu sistema imunológico e o sistema digestivo funcionando corretamente, e é útil também para reduzir os níveis de estresse.

Rico em proteínas: A ingestão de proteínas é essencial para a sua saúde, e os ovos são uma grande fonte de proteína de alta qualidade: um único ovo grande contém 6 gramas de proteína, além de nove aminoácidos essenciais.

Protege a visão: Os ovos trazem grandes benefícios para os olhos. De acordo com um estudo, um ovo por dia pode prevenir degeneração ocular devido ao conteúdo de carotenóides, especialmente a luteína e zeaxantina. Ambos os nutrientes são mais facilmente disponíveis para os nossos órgãos com os ovos. Quem come ovos diariamente reduz drasticamente o risco de desenvolver cataratas.



Melhora a função cerebral: O ovo é uma das principais fontes da substância colina em nossa dieta. Essa substância irá proporcionar uma série de benefícios para o cérebro; isto porque a colina é necessária para a síntese de fosfolípides, componente de todas as membranas celulares, que é importante para o desenvolvimento cerebral e da memória. Outro benefício da colina é que ela é utilizada na síntese da acetilcolina, neurotransmissor que auxilia a memória e a concentração. Conheça mais alimentos poderosos para o cérebro.

Reduz risco de câncer de mama: Estudos descobriram que a colina reduz o risco de câncer de mama em 24%. A colina é encontrada em ovos e outras fontes de alimento, incluindo o fígado, couve-flor, gérmen de trigo, frutos, soja, nozes e chocolate. Saiba mais dicas para prevenir o câncer de mama.

Mantém o cabelo saudável: Os ovos são bons para o seu cabelo por causa de seu alto teor de minerais, como o enxofre (além das vitaminas A, B, D, E), ótimos para promover o crescimento do cabelo. Além disso, a proteína de alta qualidade encontrada nos ovos fortalece os cabelos e promove o cabelo brilhante e saudável também.

Bom para gestantes: A colina presente no ovo é importante para as gestantes, pois reduz os riscos de problemas no fechamento do tubo neural do feto que é necessário para elaborar a calota craniana e a coluna vertebral da criança. Porém, lembre-se: o ovo jamais deve ser consumido cru ou com a gema mole, pois há o risco de infecções intestinais, como a por salmonela.

Efeito antioxidante: O ovo possui nutrientes com ação antioxidante como os carotenoides, a vitamina A e E, o ácido fólico, o zinco, o magnésio e selênio. Eles irão proteger as células das ações lesivas dos radicais livres e evitar o envelhecimento celular. 

Qual o melhor ovo? Quanto consumir?

O melhor ovo para ser consumido é o caipira ou orgânico, pois possuem mais nutrientes que o ovo branco de granja. O ômega 3, por exemplo, é essencial para saúde, e nos ovos são somente encontrados nos de tipo caipira. Não existe uma quantidade certa, depende de cada pessoa, mas pode-se consumir de 1 a 3 ovos por dia.

Como consumir?

A melhor maneira de consumir o ovo é cozido, pois assim não há o acréscimo de gorduras e aumento de calorias. Porém, ele também é uma opção interessante como omelete feito com pouco ou sem óleo em uma frigideira antiaderente.

Se fizer ovo frito, opte pela banha de porco ou óleo de coco (muito melhores que óleos vegetais!) e não deixe a gema crua ou mole, isto porque há o risco de infecções intestinais como a salmonela. Portanto, fique também atento para as maioneses caseiras e mousses.

Fonte: belezaesaude







Top da Semana

Cateter Venoso Central e os cuidados de Enfermagem

O cateter venoso central (CVC) é um sistema intravascular utilizado para administração de fármacos, infusão de derivados sanguíneos, nutrição parenteral, monitorização hemodinâmica, terapia renal substitutiva, entre outros. É um dispositivo que pode permanecer no paciente por longo período, minimizando o trauma associado às repetidas inserções de um cateter venoso periférico.

A cateterização venosa central é um procedimento amplamente utilizado em pacientes críticos, os quais demandam assistência à saúde de alta complexidade.
Os cuidados de enfermagem à pessoa com cateter venoso central exigem conhecimentos teórico-práticos indispensáveis para a correta manipulação e manutenção desse dispositivo, evitando complicações que poderão ser de enorme gravidade, retardando a recuperação ou mesmo, elevando as taxas de óbito, tanto de adultos como crianças.
Locais de inserção: As veias jugular interna, subclávia e femoral são as escolhidas para a inserção do CVC. Apesar de sua utilização em pacien…

Drenos e os cuidados de Enfermagem

Algumas cirurgias exigem a necessidade da colocação de drenos para facilitar o esvaziamento do ar e líquidos (sangue, secreções) acumulados na cavidade.
Dreno pode ser definido como um objeto de forma variada, produzido em materiais diversos, cuja finalidade é manter a saída de líquido de uma cavidade para o exterior.
As indicações para colocação de controle de drenos são específicas para cada tipo de dreno. 
Podem ser classificados em: 
- Dreno aberto, ex.: penrose; 
- Dreno de sucção fechada; 
- Dreno de reservatório; 
- Cateteres para drenagem de abscesso.



Dreno de Penrose 
É um dreno de borracha, tipo látex, utilizado em cirurgias que implicam em possível acúmulo local de líquidos infectados, ou não, no período pós-operatório. Seu orifício de passagem deve ser amplo e ser posicionado à menor distância da loja a ser drenada, não utilizando o dreno por meio da incisão cirúrgica e, sim, por meio de uma contraincisão. 
Para evitar depósitos de fibrina que possam obstruir seu lúmen, o dreno de p…

Cuidados com a Gastrostomia

Gastrostomia e jejunostomia são procedimentos cirúrgicos para a fixação de uma sonda alimentar. Um orifício criado artificialmente na altura do estômago ou na altura do jejuno, objetivando uma comunicação entre a cavidade do estômago e a parede do abdômen.
O alimento pode ser administrado por uma bomba infusora ou através de seringa (alimentação em bolus). O preparo e "porcionamento" da dieta terá que seguir rigorosamente a orientação dada pelo nutricionista ou nutrólogo.
A higiene é fundamental para minimizar a contaminação da dieta e consequentes complicações gastrointestinais. Antes do preparo da dieta, é necessário realizar a lavagem adequada das mãos, dos alimentos e de todo material que será utilizado, bem como dos utensílios e da bancada onde haverá a manipulação. Depois da lavagem, recomendamos friccionar álcool a 70% na bancada e utensílios.

Tipos de Curativos

Curativo: é o tratamento utilizado para promover a cicatrização da ferida, proporcionando um meio adequado para esse processo. A escolha do curativo depende do tipo de ferida.
Curativo ideal  - Manter alta umidade entre a ferida e o curativo;  - Remover o excesso de exsudação, evitando a maceração dos tecidos próximos; - Permitir a troca gasosa;  - Fornecer isolamento térmico;  - Ser impermeável as bactérias;  - Estar insento de substâncias tóxicas;  - Permitir sua retirada sem ocasionar lesão por aderência.


Tipos de Curativos  Existem, atualmente, muitos tipos de curativos, com formas e propriedades diferentes. É importante antes da realização do curativo, a avaliação da ferida e aplicação do tipo de curativo que melhor convier ao estágio que se encontra, a fim de facilitar a cura.
- Alginatos;  - Carvão Ativado; - Hidrocolóide; -  Hidrogel - Filmes;  -  Papaína;  -  Antissépticos;  -  Ácidos Graxos Essenciais
Alginatos: são indicados para feridas exsudativas, com sangramento, limpas ou infectadas, agud…

Arrumação de leito hospitalar

A técnica tem como função proporcionar repouso, conforto e segurança ao cliente. O cliente (paciente) é o elemento principal de qualquer instituição de saúde. 
Considera-se paciente todo o individuo submetido a tratamento, controle especiais, exames e observações medicas. O paciente procura o hospital quando atingido pela doença, cria nele angustia, inquietação, que leva a exagerar o poder e conhecimento sobre os profissionais que o socorrem, muitas vezes torna-se difícil o tratamento do doente, originando problemas de relacionamento (paciente pessoal).
Quando uma pessoa esta doente, precisa de ajuda para muitas das tarefas que habitualmente realiza sozinha. Parte do trabalho das pessoas que se dedicam, ao cuidado do paciente em um hospital é manter agradável o local que o cerca. Ficar em quarto limpo e com tudo em ordem ajudará o paciente a sentir-se melhor e tornará sua permanência no hospital mais agradável.
O leito é um fator importante na obtenção de repouso e conforto, sendo impres…