<data:blog.pageTitle/> <data:blog.pageName/> | Enfermagem a Profissão do Cuidar

Fibrose Hepática

A fibrose hepática é o processo de cicatrização que representa a resposta do fígado a lesões. Da mesma forma que a pele e outros órgão...


A fibrose hepática é o processo de cicatrização que representa a resposta do fígado a lesões. Da mesma forma que a pele e outros órgãos cicatrizam suas feridas através da deposição do colágeno e outros constituintes da matriz extracelular, o fígado repara as lesões por meio da deposição de mais colágeno. Ao longo do tempo este processo pode resultar na cirrose hepática, na qual a organização arquitetônica das unidades funcionais do fígado fica tão prejudicada que o fluxo de sangue pelo fígado e as funções hepáticas também ficam prejudicados. Uma vez que a cirrose tenha se desenvolvido, podem ocorrer as graves complicações da doença, incluindo hipertensão portal, insuficiência hepática e câncer hepático.

Enquanto alguns estudos em animais mostraram o potencial para o fígado regenerar-se ou curar-se, uma vez que o dano hepático é feito em humanos, o fígado não costuma cicatrizar. No entanto, medicamentos e mudanças no estilo de vida podem ajudar a evitar que a fibrose piore.

Estágios da Fibrose do Fígado


Existem várias escalas diferentes de estadiamento da fibrose hepática, em que o médico determina o grau de dano hepático. Os médicos geralmente atribuem um estágio à fibrose hepática, porque ajuda o paciente e outros médicos a entenderem o grau em que o fígado de uma pessoa é afetado.

Um dos sistemas de pontuação mais populares é o sistema de pontuação METAVIR. Este sistema atribui uma pontuação para “atividade” ou a previsão de como a fibrose está progredindo e para o próprio nível de fibrose. Os médicos geralmente podem atribuir essa pontuação apenas após a coleta de uma biópsia do fígado. As classes de atividade variam de A0 a A3:

A0: sem atividade
A1: atividade leve
A2: atividade moderada
A3: atividade severa

Os estágios de fibrose variam de F0 a F4:
F0: sem fibrose
F1: fibrose portal sem septos
F2: fibrose portal com poucos septos
F3: numerosos septos sem cirrose
F4: cirrose

Portanto, uma pessoa com a forma de doença mais grave teria uma pontuação A3, F4 METAVIR.

Outro sistema de pontuação é o Batts e Ludwig, que classifica a fibrose em uma escala de grau 1 a 4, sendo o grau 4 o mais grave. A Associação Internacional do Estudo do Fígado (IASL) também tem um sistema de pontuação com quatro categorias que variam de hepatite crônica mínima a hepatite crônica grave.

Sintomas da Fibrose Hepática


A fibrose hepática geralmente não causa sintomas, por isso não é diagnosticada nos estágios leves ou moderados. Quando uma pessoa progride na doença hepática, ela pode apresentar sintomas que incluem:
  • Perda de apetite;
  • Dificuldade em pensar com clareza
  • Acúmulo de líquido nas pernas ou no estômago
  • Icterícia 
  • Náusea
  • Perda de peso 
  • Fraqueza
De acordo com um estudo, estima-se que 6 a cada 100 pessoas da população mundial tem fibrose hepática e não sabe disso porque não tem sintomas.



Causas da Fibrose Hepática


A fibrose hepática ocorre após uma pessoa sofrer lesão ou inflamação no fígado. As células do fígado estimulam a cicatrização de feridas. Durante a cicatrização, o excesso de proteínas, como colágeno e glicoproteínas, se acumula no fígado. Eventualmente, após muitos casos de reparo, as células do fígado (conhecidas como hepatócitos) não podem mais se reparar. As proteínas em excesso formam tecido cicatricial ou fibrose.

Existem vários tipos de doenças hepáticas que podem causar fibrose. Esses incluem:
  • Hepatite auto-imune
  • Obstrução biliar
  • Sobrecarga de ferro
  • Doença hepática gordurosa não alcoólica, que inclui fígado gorduroso não alcoólico e esteato-hepatite não alcoólica;
  • Hepatite viral B e C
  • Doença hepática alcoólica

A causa mais comum de fibrose hepática é a doença hepática gordurosa não alcoólica, enquanto a segunda é a doença hepática alcoólica, devido a excessos a longo prazo do consumo de álcool.

Tratamentos para Fibrose do Fígado


As opções geralmente dependem da causa subjacente da fibrose. Um médico tratará a doença subjacente, se possível, para reduzir os efeitos da doença hepática. Por exemplo, se uma pessoa beber álcool excessivamente, o médico pode recomendar um programa de tratamento para ajudá-la a parar de beber.
Um médico também pode prescrever medicamentos conhecidos como antifibróticos, que demonstraram reduzir a probabilidade de ocorrência de cicatrizes no fígado. O antifibrótico prescrito geralmente depende da condição médica subjacente. Exemplos desses tratamentos incluem:

Doença hepática crônica: inibidores da ECA, como benazepril, lisinopril e ramipril
Vírus da hepatite C: a-tocoferol ou interferão alfa
Esteato-hepatite não alcoólica: agonista do PPAR-alfa

Enquanto os pesquisadores estão realizando muitos testes para tentar encontrar medicamentos que possam reverter os efeitos da fibrose hepática, não existem medicamentos que possam ser feitos atualmente.

Se a fibrose hepática de uma pessoa avança para onde seu fígado está muito cicatrizado e não funciona, o único tratamento de uma pessoa é frequentemente receber um transplante de fígado. No entanto, a lista de espera é longa para esses tipos de transplante e nem toda pessoa é candidata cirúrgica.

Diagnóstico da Fibrose Hepática


Biópsia 
Tradicionalmente, os médicos consideravam fazer uma biópsia hepática o “padrão ouro” de testar a fibrose hepática. Este é um procedimento cirúrgico em que um médico levaria uma amostra de tecido. Um especialista conhecido como patologista examinará o tecido quanto à presença de cicatrizes ou fibrose.

Elastografia transitória
Outra opção é um teste de imagem conhecido como elastografia transitória. Este é um teste que mede quão rígido é o fígado. Quando uma pessoa tem fibrose hepática, as células cicatrizadas tornam o fígado mais rígido. Este teste usa ondas sonoras de baixa frequência para medir a rigidez do tecido hepático. No entanto, é possível ter falsos positivos onde o tecido hepático pode parecer rígido, mas uma biópsia não mostra cicatrizes no fígado.

Testes não cirúrgicos
No entanto, há outros testes que não exigem cirurgia para determinar a probabilidade de uma pessoa ter fibrose hepática. Estes exames de sangue são geralmente reservados para aqueles com infecções crônicas conhecidas por hepatite C, que são mais propensos a ter fibrose hepática devido à sua doença. Exemplos incluem hialuronato de soro, metaloproteinase de matriz-1 (MMP) e inibidor de tecido de metaloproteinase de matriz-1 (TIMP-1).

A complicação mais significativa da fibrose hepática pode ser a cirrose hepática ou uma cicatriz severa que torna o fígado tão danificado que uma pessoa adoece. Geralmente, isso leva muito tempo para ocorrer, como no decorrer de uma ou duas décadas.

Uma pessoa precisa que seu fígado sobreviva, porque o fígado é responsável por filtrar substâncias nocivas no sangue e realizar muitas outras tarefas que são importantes para o corpo. Em última análise, se a fibrose de uma pessoa progride para cirrose e insuficiência hepática, ela pode ter complicações como:
  • Ascite (grave acúmulo de líquido no abdômen)
  • Encefalopatia hepática (acumulação de resíduos que causa confusão)
  • Síndrome hepatorrenal
  • Hipertensão portal
  • Sangramento de varizes
Cada uma dessas condições pode ser mortal para uma pessoa com doença hepática.

COMENTÁRIOS

Nome

Auditoria,8,Centro Cirúrgico,21,Dicas de Saúde,13,Doenças,34,Medicamentos,25,Publieditorial,5,Relacionados à Enfermagem,109,Relacionados à Saúde,120,Técnicas de Enfermagem,37,
ltr
item
Enfermagem: Fibrose Hepática
Fibrose Hepática
https://2.bp.blogspot.com/-mh02bQ3ghYU/XD5qfIRBTmI/AAAAAAAAGwo/EsEx-6Vy_wYtZZcfjw9_Dbq_UAUunRvcACLcBGAs/s400/fibrose-hepatica.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-mh02bQ3ghYU/XD5qfIRBTmI/AAAAAAAAGwo/EsEx-6Vy_wYtZZcfjw9_Dbq_UAUunRvcACLcBGAs/s72-c/fibrose-hepatica.jpg
Enfermagem
https://www.enfermagemnovidade.com.br/2019/01/fibrose-hepatica.html
https://www.enfermagemnovidade.com.br/
https://www.enfermagemnovidade.com.br/
https://www.enfermagemnovidade.com.br/2019/01/fibrose-hepatica.html
true
7506902372674157562
UTF-8
Carregar todas as postagens Nenhum post encontrado VER TUDO Continuar lendo Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTAGENS VER TUDO RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODAS AS POSTAGENS Nenhuma postagem encontrada Página Inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Oot Nov Dez Aagora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir CONTEÚDO PREMIUM BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe nas redes sociais PASSO 2: Click no link da sua rede social Copiar todo o código Selecionar todo o código Copiado para área de transferência Não pode copiar códigos / textos, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar