<data:blog.pageTitle/> <data:blog.pageName/> | Enfermagem a Profissão do Cuidar

Acesso venoso periférico: Técnica, Estabilização e tipo de Curativo

A punção venosa periférica é certamente o procedimento m ais realizado nos atendimentos de emergências , além de ser o procedimento in...


A punção venosa periférica é certamente o procedimento mais realizado nos atendimentos de emergências, além de ser o procedimento invasivo mais comum realizado pela enfermagem. Pelo menos 90% dos pacientes hospitalizados necessitam, em algum momento de um acesso venoso para realização de terapia intravenosa.

É a via de administração de medicação diretamente nas veias, nela é possível fazer medicação em grande quantidade e aquelas que pela via oral não são possíveis de administrar. São dois tipos: acesso venoso periférico, que é a inserção de um cateter nos membros (braço, mão, perna, etc.) e acesso venoso central, este é utilizado em pacientes que necessitam de grandes quantidades de medicamento e soro - é uma via calibrosa para infusão de algumas medicações específicas, como quimioterapia, dieta parenteral.


Acesso venoso periférico (membros):

O acesso venoso periférico pode ser puncionado por enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos. As vias de acesso preferenciais são as veias dos membros superiores do antebraço por acomodar cateteres mais calibrosos:
  • Veia cefálica;
  • Veia basílica;
  • Veias medianas do antebraço e cotovelo;
  • Veias do dorso da mão;
  • Veia safena magna e parva.


Cuidados com o acesso venoso periférico:
  • Sempre lavar as mãos antes de entrar em contato com o paciente;
  • Higienizar as mãos com água e sabonete líquido quando estiverem visivelmente sujas ou contaminadas com sangue e outros fluidos corporais.
  • Usar preparação alcoólica para as mãos (60 a 80%) quando as mesmas não estiverem visivelmente sujas.
  • Somente a equipe médica e de enfermagem pode manipular o acesso e fazer a medicação;
  • Verificar se está bem fixado na pele;
  • O uso de luvas não substitui a necessidade de higiene das mãos. No cuidado específico com cateteres intravasculares, a higiene das mãos deverá ser realizada antes e após tocar o sítio de inserção do cateter, bem como antes e após a inserção, remoção, manipulação ou troca de curativo.
  • Sempre que for mexer no local do acesso, garantir a lavagem de mãos para evitar possíveis infecções;
  • Verificar sempre se há sinais de sujidade e sangramentos e caso tenha, chamar imediatamente a equipe de enfermagem;
  • Se houver vermelhidão, edema e a pele na região do acesso estiver quente, solicite avaliação da equipe de enfermagem;
  • Caso o paciente diga que tem dor durante a infusão de alguma medicação ou mesmo em repouso, feche o registro do equipo imediatamente e solicite imediatamente avaliação da equipe.

Dificuldades com o acesso venoso:
  • Possibilidade de ocorrer sangramentos se não estiver bem fechado;
  • Possibilidade de sair se não houver cuidado e boa fixação;
  • Porta de entrada para infecções;
  • Desconfortável para o paciente;
  • Dor no local.


Como estabilizar e qual seria o melhor tipo de curativo para o acesso venoso periférico?

Estabilização
  • Estabilizar o cateter significa preservar a integridade do acesso, prevenir o deslocamento do dispositivo e sua perda.
  • A estabilização dos cateteres não deve interferir na avaliação e monitoramento do sítio de inserção ou dificultar/impedir a infusão da terapia.  Deve ser realizada utilizando técnica asséptica. Não utilize fitas adesivas e suturas para estabilizar cateteres periféricos.
  • É importante ressaltar que fitas adesivas não estéreis (esparadrapo comum e fitas do tipo microporosa não estéreis, como micropore®) não devem ser utilizadas para estabilização ou coberturas de cateteres. Rolos de fitas adesivas não estéreis podem ser facilmente contaminados com microorganismos patogênicos.
  • Suturas estão associadas a acidentes percutâneos, favorecem a formação de biofilme e aumentam o risco de Infecções primárias da corrente sanguínea (IPCS).
  • Considerar dois tipos de estabilização dos cateteres periféricos: um cateter com mecanismo de estabilização integrado combinado com um curativo de poliuretano com bordas reforçadas ou um cateter periférico tradicional combinado a um dispositivo adesivo específico para estabilização.

Coberturas
  • Os propósitos das coberturas são os de proteger o sítio de punção e minimizar a possibilidade de infecção, por meio da interface entre a superfície do cateter e a pele, e de fixar o dispositivo no local e prevenir a movimentação do dispositivo com dano ao vaso.
  • Qualquer cobertura para cateter periférico deve ser estéril, podendo ser semioclusiva (gaze e fita adesiva estéril) ou membrana transparente semipermeável. Utilizar gaze e fita adesiva estéril apenas quando a previsão de acesso for menor que 48h. Caso a necessidade de manter o cateter seja maior que 48h não utilizar a gaze para cobertura devido ao risco de perda do acesso durante sua troca.
  • A cobertura não deve ser trocada em intervalos pré-estabelecidos. Deve ser trocada imediatamente se houver suspeita de contaminação e sempre quando úmida, solta, suja ou com a integridade comprometida. Manter técnica asséptica durante a troca.
  • No momento do banho, proteger o acesso e evitar com que caia água no local - isso pode ser feito com saco plástico.


COMENTÁRIOS

Nome

Auditoria,8,Centro Cirúrgico,22,Dicas de Saúde,13,Doenças,34,Medicamentos,25,Publieditorial,5,Relacionados à Enfermagem,111,Relacionados à Saúde,120,Técnicas de Enfermagem,37,
ltr
item
Enfermagem: Acesso venoso periférico: Técnica, Estabilização e tipo de Curativo
Acesso venoso periférico: Técnica, Estabilização e tipo de Curativo
https://1.bp.blogspot.com/-ECb7JqM1ftM/XJesTmeCEfI/AAAAAAAAG7I/d9MHneRXPCw1tVhGXN9BQi-OOhImH1e7wCLcBGAs/s640/puncao-venosa.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-ECb7JqM1ftM/XJesTmeCEfI/AAAAAAAAG7I/d9MHneRXPCw1tVhGXN9BQi-OOhImH1e7wCLcBGAs/s72-c/puncao-venosa.jpg
Enfermagem
https://www.enfermagemnovidade.com.br/2019/03/acesso-venoso-periferico-tecnica-estabilizacao-curativo.html
https://www.enfermagemnovidade.com.br/
https://www.enfermagemnovidade.com.br/
https://www.enfermagemnovidade.com.br/2019/03/acesso-venoso-periferico-tecnica-estabilizacao-curativo.html
true
7506902372674157562
UTF-8
Carregar todas as postagens Nenhum post encontrado VER TUDO Continuar lendo Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTAGENS VER TUDO RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODAS AS POSTAGENS Nenhuma postagem encontrada Página Inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Oot Nov Dez Aagora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir CONTEÚDO PREMIUM BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe nas redes sociais PASSO 2: Click no link da sua rede social Copiar todo o código Selecionar todo o código Copiado para área de transferência Não pode copiar códigos / textos, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar