Últimas Postagens

A importância da Auditoria em Serviços de Saúde


A importância da Auditoria em Serviços de Saúde e o Bom Relacionamento em prol da otimização em processos

De tempos em tempos ouve-se expressões do tipo: Lá vem o Auditor (a)! Ou: Se a Auditoria pegar! Ou ainda: O que eu fiz de errado? Ou mais ainda: A culpa não foi minha!

Devemos encarar todas as equipes como verdadeiros parceiros, caminhamos juntos para o alcance de objetivos únicos, aprendemos todos os dias e não podemos generalizar o perfil de cada profissional, porém, temos certeza de uma coisa: As Equipes de Auditoria da Instituição Hospitalar ou da Operadora devem apurar cada vez mais a qualidade da prestação dos serviços em Saúde, o que é retratada em forma de “prontuário do paciente”.

É muito importante o entendimento das atividades do profissional Auditor, a razão pelo qual necessita de todas as informações contidas em cada página do prontuário, afinal quando se trata de saúde temos na prática que o Atendimento Executado é Atendimento Registrado, assim como determina a Resolução Cofen 311/07 – Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem:
Art. 68 Registrar no prontuário, e em outros documentos próprios da Enfermagem, informações referentes ao processo de cuidar da pessoa.
A classe predominante na Auditoria são de Enfermeiros, porém, Médicos, Dentistas, Fisioterapeutas, entre outros atuantes que são tão importantes quanto, porém, cada classe regida por suas resoluções e seu foco de análise.

Desta forma, a Equipe de Auditoria analisa também as elegibilidades, as guias de autorizações, os códigos dos procedimentos clínicos ou cirúrgicos liberados regulados pela Agência Nacional de Saúde (ANS) assim como as diárias, honorários, taxas dos serviços, as valorizações de todos os materiais e medicamentos e suas pertinências técnicas, respeitando sempre as limitações e negociações contratuais das Operadoras de Saúde e o SUS, que garantem a assistência correta ao paciente.

Uma das ferramentas da qualidade mais eficientes para monitorar um sistema de gestão em saúde é a Auditoria, pois, bem aplicada, identifica não conformidades no serviço avaliado, sendo executada por profissionais capacitados que apresentam, além do conhecimento técnico científico, atributos como imparcialidade, prudência e diplomacia, por meio de pareceres embasados por leis, portarias e resoluções (Noronha e Salles, 2004)

Através dos variáveis formatos de indicadores é possível analisar possibilidades de melhorias nos processos, consequentemente nas contas hospitalares que podem resultar na otimização e realidade do Faturamento, afinal é o Auditor quem fornece pareceres técnicos no ato das negociações em contas hospitalares, por isso é essencial alto nível de apoio, com foco nos resultados dos processos tanto administrativos, como assistenciais. 

Até aqui conhecemos um pouco sobre o Universo da Auditoria em Saúde e a importância da diplomacia com imparcialidade no relacionamento para trocas e somas de experiências entre as equipes com objetivo de alcance na qualidade na assistência e melhorias de processos.

Até Breve!


REFERÊNCIAS
http://www.cofen.gov.br/wp-content/uploads/2012/03/resolucao_311_anexo.pdf Acesso 19 Mar. 2017
NORONHA F. M.; Salles D. M. T. A ferramenta auditoria aplicada à odontologia. CONGRESSO VIRTUAL BRASILEIRO DE ADMINISTRAÇÃO, 2004. Disponível em: http://www.convibra.com. br/2004/pdf/130.pdf. Acesso em: 19 Mar. 2017.

Contribuiu com este Artigo:



Alexandra Garcia
22 Anos de experiência em Saúde Suplementar e Hospitalar com atuação em Contas Médicas, Faturamento, Relacionamento Comercial, Medicina do Trabalho, Enfermeira de cuidados Assistenciais, Cirúrgicas, Hemodinâmica e Auditora.
Pós Graduada em Auditoria Serviços em Saúde, Aprimorada em Auditoria Serviços em Saúde pela FGV/SP, Gestão em OPME/DMI.
Formação em Recursos Humanos, Bacharel em Enfermagem.
Linkedin